Caixa libera saque do FGTS para março

Você está precisando de um dinheiro extra? Tem uma conta atrasada para pagar? Quer comprar ou dar entrada numa TV nova? Então aproveite a chance. A Caixa Econômica libera agora em março mais um saque no Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

O Banco está trabalhando com duas modalidades: O saque imediato que começou a ser pago em setembro de 2019 e vai  até o final de março de 2020. A segunda modalidade é o saque-aniversário, que começará a ser pago em abril de 2020. Todo trabalhador tem direito ao saque, basta ter saldo em conta ativa. O governo pretende com isso aumentar o poder de compra das pessoas e  movimentar a economia nacional.

PRESTE ATENÇÃO NAS DICAS:

Saque imediato do FGTS: De acordo com a Lei 13.932/2019, quem tinha ou tenha saldo até R$ 998,00 na conta do FGTS, em 24 de março de 2019, poderá sacar os valores que estarão liberados para contas ativas ou inativas. Veja como será pago:

Que tinha o saldo de R$ 998,00 e já sacou R$ 500,00; poderá sacar até R$ 498,00 por conta;

Mas quem tinha R$ 998,00 e não sacou R$ 500,00, vai poder sacar até R$ 998,00 por conta;

Mas você que já sacou R$ 500,00 e tinha mais de R$ 998,00 de saldo, não poderá sacar mais nada;

Quem tinha mais de R$ 998,00 e não sacou nada poderá sacar até R$ 500,00 por conta.

VEJA COMO PODERÃO SER FEITOS OS SAQUES:

Em casas lotéricas o saque poderá ser feito at´R$ 100,00, o cidadão terá de levar documento de identificação válido; saques de até R$ 998,00, com documento de identificação váliddo mais o cartão cidadão com senha;

Terminais de autoatendimento: saques de até R$ 998,00 terão que ser feitos através do cartão cidadão mais senha;

Correspondente Caixa Aqui: saques até R$ 998,00 poderá ser feito com o cartão cidadão mais senha e um documento de identificação.

Agências da Caixa: saques até R$ 998,00 com documento de identificação com foto.

A outra modalidade será o saque-aniversário do FGTS que poderá ser sacado a partir de abril de 2020.  Somente quem está no mercado de trabalho com carteira assinada e conta ativa no Fundo de Garantia poderá usar este recurso. A modalidade permite o trabalhador retirar uma parte do fundo anualmente, próximo ao mês de aniversário.

Mas cuidado: ao sacar nesta modalidade o trabalhador que no meio do caminho for demitido sem justa  causa não poderá sacar o total da conta. Recebendo assim apenas 40% do FGTS, que não altera. Essa modalidade é opcional e deve ser solicitada pelos canais de atendimento da Caixa. Quem não fizer a adesão permancerá na regra antiga. Em abril poderão sacar os nascidos em janeiro e fevereiro.

Confira como será no quadro abaixo:

​Mês do AniversárioMeses do Saque
​Janeiro e Fevereiro​Abril a Junho/2020
​Março e Abril​Maio a Junho/2020
​Maio e Junho​Junho a Agosto/2020
​Julho​Julho a Setembro/2020
​Agosto​Agosto a Outubro/2020
​Setembro​Setembro a Novembro/2020
​Outubro​Outubro a Dezembro/2020
​Novembro​Novembro/2020 a Janeiro/2021
​Dezembro​Dezembro/2020 a Fevereiro/2021

O cidadão poderá sacar uma parcela de 5% a 50% do total que possui em conta do FGTS, mais valor fixo que vai depender do saldo. Se você possui R$ 1.450,00 em todas contas do FGTS poderá retirar 30% do total e mais uma parcela de R$ 150,00. Fazendo as contas você poderá sacar R$ 585,00.

Veja Tabela abaixo:

Limite das faixas de saldoAlíquotaParcela Adicional
Até 500,0050,0%
De 500,01 até 1.000,0040,0%50,00
De 1.000,01 até 5.000,0030,0%150,00
De 5.000,01 até 10.000,0020,0%650,00
De 10000,01 até 15.000,0015,0%1150,00
De 15.000,01 até 20.000,0010,0%1.900,00
Acima de 20.000,015,0%2.900,00

Outras informações o trabalhador poderá ter direto nas Agências da Caixa em todo o país.

Fonte: Jornal Contábil.